Uma solução sustentável

                   O sistema da LPR baseado no pooling de paletes de madeira sobretudo contribui para a redução das emissões de gases de estufa.

A LPR levou a cabo um estudo relativo às emissões de carbono com a ajuda da Agência do Ambiente e das Economias de Energia francesa (ADEME) para avaliar os gases de estufa gerados pelas suas atividades na Europa (produção de paletes, transporte, gestão de armazém, reciclagem de resíduos, etc.).

Conclusões principais:

  • o pooling de paletes emite cerca de 50% menos gases de estufa do que outros sistemas de gestão de paletes – particularmente a troca de paletes – graças a um sistema de transporte mais racional;
  • as paletes de plástico emitem muito mais gases de estufa do que as paletes de madeira. Existem dois motivos para este facto: o plástico é fabricado a partir do petróleo (um recurso fóssil, ou seja, não renovável) e o processo de produção de paletes propriamente dito consome muito mais energia;
  • a madeira é o único material com um valor de emissão de carbono zero. Uma árvore em crescimento absorve todos os gases de estufa que a madeira numa palete emite em todo o seu ciclo de vida, desde que a madeira usada para produzir as paletes seja proveniente de florestas geridas de forma sustentável.

A LPR foi a primeira empresa no setor do pooling de paletes a ter recebido a certificação PEFC (projeto de certificação florestal "Programme for the Endorsement of Forest Certification"), garantindo que as paletes são fabricadas em madeira proveniente de florestas geridas de forma sustentável. Com paletes certificadas, os clientes da LPR podem beneficiar da transferência de créditos do PEFC e otimizar as suas próprias emissões de carbono.

Download the White Book CSR here.